20 de ago de 2008

ARGH!!!

Acabei de ler uma matéria em que o autor utilizou todos os adjetivos existentes na Língua Portuguesa. Não deve ter sobrado nem um para fazer remédio. Não precisa dizer sobre os elogios ao assessorado.

Nenhum comentário: